domingo, 23 de outubro de 2016

Material - Direito Civil - Domicílio

Olá #concurfriends!


O meu estudo da disciplina Direito Civil é - principalmente - com a leitura da lei + resolução de questões. Estudo para banca FCC, então observo que não costuma fugir disso: texto de lei.

Hoje foi dia de resolver questões do tema Domicílio e, para minha surpresa, errei muitas questões! Acertei 16 questões de 24. Nessa altura da vida não dá pra ficar errando questões de Direito Civil, né? Prefiro guardar meus erros para Raciocínio Lógico ou Informática hahaha

Então copiei os artigos do Código Civil e montei um esquema para revisões, em forma de tabela - acho mais prático e mais fácil para decorar

Compartilhei na minha pasta no Google Drive, que vocês acessam clicando aqui (o link está funcionando, se não aparecer nada na pasta dê "F5" até aparecer). É nessa pasta que incluirei os próximos materiais.

Não costumo fazer resumos, mas, em casos como esse quando erro muitas questões do mesmo tema, faço esquemas para revisões. 

Na imagem abaixo expliquei o que significam algumas coisas no PDF, eu sinalizo o artigo quando ele é muito cobrado em provas (percebam como ficou linda a imagem, fiz paint HAHAHAHAHAHA).

Por favor, se alguém encontrar algum erro de conteúdo - os de digitação pode ignorar hahaha - ou tiver alguma sugestão para deixar minha tabela mais "incrementada", deixe nos comentários <3

Bom domingo,
Beijinhos

domingo, 16 de outubro de 2016

Sobre Coaching para concursos, Mentoring e minha experiência

Olá #concurfriends!

Para fechar a sequência de publicações da quinzena, vim falar sobre o COACHING. Toda semana recebo alguma (ou algumas) perguntas sobre o tema. Então, vamos lá?

O QUE É COACHING?

É só fazer uma busca rápida no Google que você encontrará esta definição de Villela Da Mata & Flora Victoria da Sociedade Brasileira de Coaching/SBC: “Coaching é um processo que visa elevar a performance de um indivíduo (grupo ou empresa), aumentando os resultados positivos por meio de metodologias, ferramentas e técnicas cientificamente validadas, aplicadas por um profissional habilitado (o coach), em parceria com o cliente (o coachee).”

COACHING PARA CONCURSOS

Já li depoimentos (vários) sobre experiências dos concurseiros com Coach e em algumas vezes observei que o que a pessoa esperava do profissional é uma coisa que ele não se dispôs a oferecer, que não faz parte da atividade do coach. Coach não é babá, não vai acordar você todos os dias pela manhã e fazer um convite para que você sente na sua cadeira, pegue o livro e cumpra o planejamento. Ele não vai estudar por você, mas vai orientar, criando um planejamento personalizando, dando dicas de como você pode revisar, qual material você pode utilizar. Além disso, um coach para concursos é um motivador, porque ele JÁ FOI UM CONCURSEIRO, ele tem uma história parecida com a nossa, de perdas e vitórias.
O Professor Mário Machado, que é coach do Estratégia Concursos, fez uma excelente publicação falando sobre os Mitos e Verdades sobre o Coaching para Concursos, que você acessa clicando aqui. Se você tem alguma dúvida sobre o que é e como é coaching, leia a publicação.

MINHA EXPERIÊNCIA

Quem me acompanha no IG sabe que em setembro de 2015 iniciei o acompanhamento com o Coach Daniel Magalhães, que é Auditor Fiscal do Trabalho e Coach do Estratégia Concursos - quando iniciei o Coach ele era o @preparacaotrabalhista aqui no IG e que sempre teve uma paciência sem limites comigo já que comecei focada no TRT, depois incluí estudo para procuradoria, depois voltei só para TRT e agora estudo para TRT + TRE hahaha

O primeiro contato, antes de montar o meu planejamento, foi por Skype. Conversamos sobre o concurso que eu queria, sobre minha rotina de estudos, horários que eu tinha, como eu costumava estudar, tudo o que ele precisava saber para montar meu planejamento. Nesse dia ele já deu algumas dicas.
O que mudou: eu comecei a estudar mais focada e direcionada, minha rotina não mudou muito, porque eu já estudava desde 2014 e tinha alguma base sobre organização, mas os ajustes que ele fez  foram - e estão sendo - ótimos! Resolvo muito mais questões do que resolvia antes, consigo cumprir minhas metas porque elas são POSSÍVEIS, não faço mais resumos – maior vitória para quem anotava até a respiração do professor – e hoje me sinto mais segura porque sei que tem um profissional me orientando.

Meu desempenho melhorou? SIM! Percebo isso quando resolvo as questões e faço simulados. O fato de ter alguém para "prestar contas" do que estudei motiva muito! Porque ele montou meu planejamento, sabendo – com a experiência que ele tem - que seria possível estudar tudo e eu comprovar isso é muito bom. Fico feliz cada vez que cumpro um tópico.

Mas, Karina, você é tão organizada, será que não conseguiria planejar sozinha? Do jeito que ele planeja, com a visão que ele tem, não. Sem falar que eu dava aquelas viajadas de primeiro achar que conseguiria fechar todo em 1 mês e depois que não conseguia cumprir ficava desesperada.

Como é o planejamento? A planilha é compartilhada no Google Drive e atualizada de 15 em 15 dias. Além dos que preciso estudar, tem as revisões e horários para questões. O planejamento não é fixo, conforme as necessidades e mudanças que são necessárias ele é ajustado. Planejamento personalizado é isso.

Contato com o coach: é feito por e-mail e Whats e ele costuma responder rápido, dentro do possível e razoável, afinal ele é coach e AFT.

Uma coisa importante: se você pensa em optar por contratar um coach, na hora da entrevista seja o mais claro possível, fale em metas reais, o coach precisa saber o que tempo que você tem para estudar DE VERDADE, por exemplo se você tem 4 horas por dia, ele vai montar o cronograma com base nessas 4 horas, se você tem esse tempo mas, porque quer estudar 8 horas por dia falar que tem 8 horas, você nunca vai dar conta do planejamento, né? Seja verdadeiro com você e com o profissional, ele trará metas POSSÍVEIS, de acordo com a sua necessidade e disponibilidade.

Material de estudo: uso o material que eu já tinha e que fui comprando ao longo do tempo.

Investimento: hoje o Daniel é coach no Estratégia (no ano passado, quando iniciei o acompanhamento ele ainda não era), então sobre isso vocês perguntam lá no site do Estratégia, nesse link aqui.

Então, só tenho a agradecer ao Daniel por tudo, não só por planejar tão bem minha rotina, mas pelas dicas, pela disponibilidade, pelo interesse em ver minha evolução, pela paciência... E de todo mundo para quem eu indiquei o trabalho dele nenhum voltou para reclamar, então as experiências foram boas ^^

O QUE É MENTORING?

O mentoring é uma ferramenta de desenvolvimento  e consiste em uma pessoa experiente ajudar outra menos experiente. O mentor é um guia, um mestre, conselheiro, alguém que tem vasta experiência  no campo de interesse da pessoa que está sendo ajudada. Sobre o mentoring, penso que ele é uma alternativa ao coaching, enquanto no coaching a relação entre coach e coachee se dá em um prazo longo e no qual se busca o desenvolvimento das competências do coachee, o mentoring é realizado em encontros únicos via Skype.

O mentoring é como se você estivesse num Periscope só você e o Daniel. É interessante juntar muitas perguntas, dúvidas e discutir com ele, que não deixa ninguém sair sem explicação. Se vale? Sim, para um candidato mais avançado para quem o coaching não é a solução adequada, pois o nível de estudo e conhecimento a respeito de concursos já é mais elevado.

O mentoring com o Daniel pode ser contratado por meio desse site aqui.

SOBRE O COACH DANIEL MAGALHÃES

Aqui você encontra o currículo do Daniel no site do Estratégia e aqui uma entrevista com ele.

O Daniel tem um canal no Youtube onde publica os vídeos do Periscope, como esse aqui em que o tema foi “Como conciliar os concurosos do TRE-SP e do TRE-PE” e aqui em que o assunto é “A quem se destina um programa de coaching?” E nesse aqui você pode assistir à participação do Daniel no Aulão para o concurso da PGE-MT.

O e-mail dele é preparacaotrabalhista@gmail.com



É isso, se ficou alguma dúvida deixem nos comentários aqui no blog, como eu já disse antes, por aqui fica mais fácil responder. 

Lojinhas Online - Onde compro minhas coisas

Olá #concurfriends!




  • Boutique d'Caroline

OK, talvez eu seja um pouco suspeita para falar sobre essa loja porque eu AMO tudo o que tem lá <3 Meu Caderno do Concurseiro que me acompanha todos os dias, os Cadernos de Resumos que são umas fofuras, as cadernetas, os estojos, os blocos e a agora lançaram uma linha de blocos adesivos e mini caderninhos que meu coração não aguentou :D já comprei hahaha 

O site da loja é este aqui e o IG @boutiquedcaroline.

  • Loja Fora da Caixa

A @manusousaaa, dona da loja, é uma das pessoas mais queridas que já conheci. Sempre muito atenciosa, tira todas as dúvidas que você tiver sobre os produtos e cuida de tudo com muito carinho para surpreender todo mundo quando as caixas chegam. Os produtos são super fofos e o com preço justo. Aquela caneca de chá, o vaso com flores e o panda que vocês tanto elogiam lá no IG são todos da loja da Manu.

O site da loja é esse aqui e o IG @foradacaixaloja.

  • Meg & Meg



Cadernos, canetas, planners e bloquinhos, todos lindos, fofinhos e com muito rosa, dourado e branco <3 A loja tem produtos lindos e a @jeblanco é um amor, sempre tirando minhas dúvidas até sobre wishtapes - obrigada, Jessica! - hahaha

O site da loja é este aqui e o IG @megemeg.shop.


  • Ame Ateliê


O Ateliê é de Jaraguá do Sul (SC), aqui pertinho, e eu conheci pelo site Elo7. Aquelas duas canecas de diamante e de coração são do site. 

O site da loja é esse aqui e o IG @ameatelie.

  • Papelaria dos Concurseiros



A loja já é conhecida por todos, né? No site vocês encontram - entre tantas outras fofuras - os cadernos da linha Oxford, as canetas Stabilo e canetas Staedtler. Quase todos os kits que eu tenho comprei no site. Como a loja é de Florianópolis pra mim o frete sai bem barato. 

O site da loja é esse aqui e o IG é @papelaria.concurseiros.


Beijinhos :**

Lojinhas do AliExpress - Parte II

Olá #concurfriends!

Conforme o prometido, vim deixar os links das lojinhas do AliExpress, das compras que fiz no fim de agosto e já chegaram agora no início de outubro. Eu queria colocar fotos dos itens aqui, mas não vou ter tempo para isso nesse fim de semana, quando puder, atualizo a publicação, mas eles aparecerão nas fotos no IG.

Nesta publicação aqui eu já indiquei outras lojas.

O mouse pad dourado eu comprei nessa loja aqui.

A loja Nice Stationery é uma das minhas preferidas <3 o link para ela é este aqui.

As tesouras douradas comprei nessa e nessa loja.

As outras lojinhas: 1, 2, 3, 4, 5.

Nunca fui taxada. Quando faço compras grandes, compro de vários vendedores 4 ou 5 itens de cada, li em algum lugar que assim fica mais difícil ser taxada, pois os envios são separados. Não sei se é 100% certeza, mas, pra mim tem dado certo.

terça-feira, 11 de outubro de 2016

Sobre métodos de estudo, o drama de “estou estudando errado” e provas

Estava eu aqui concentradíssima estudando só que não aí comecei a pensar sobre isso.

Nos IGs e em blogs especializados em concursos públicos um assunto bem recorrente é “MÉTODO DE ESTUDO”. Não sei vocês, mas eu passo grande parte da minha vida lendo depoimentos de aprovados tentando descobrir como eles estudaram, qual método que usaram, os livros, os cursos, se estudaram lei seca antes da doutrina, se estudaram por doutrina, se resolviam questões todos os dias, antes ou depois de teoria, como revisavam etc. Não posso ver um aprovado que já saio perguntando #soudessas

Consequentemente, estou SEMPRE mudando o meu método, não totalmente, CLARO, mas adaptando, incluindo na minha rotina coisas que acredito que serão boas para mim. Faço um “teste” para verificar se aquilo está funcionando para mim. Afinal, o que serve para você talvez não sirva para mim, certo? Se tivesse uma fórmula mágica para passar em concurso eu parava de comprar Stabilo e investiria todo o meu dinheiro nisso hahaha

Mas, COMO ‘TESTAR’ SE O MÉTODO QUE EU USO ESTÁ FUNCIONANDO? O melhor jeito de saber se você está estudando “certo” é RESOLVENDO PROVAS ANTERIORES (QUESTÕES). Não adianta você estudar 10 horas líquidas por dia e não acertar nem 30% de uma prova. Alguma coisa você está fazendo errado. O que? Não sei, você tem que saber.

Você tem que descobrir se, por exemplo, aquele resumo de 10 laudas é eficiente ou se no fim da história você nem vai pegar nele para revisar e ele irá direto para a lata do lixo! Já pensou nisso? Suas várias horas dedicadas a escrever um resumo e ele não servir pra NADA? Isso aconteceu comigo quando estudei para o TJSC, fiz tantos resumos, tão lindos e organizados, que no fim não consegui ler tudo. Ou se você tem o melhor curso do mercado, mas fica pensando na morte da bezerra enquanto assiste à aula, adianta? Ou você comprou aquela doutrina que viu por aí, mas leu, leu, leu e não entendeu nada porque a didática do autor não fechou com você (isso acontece MUITO comigo, muitas vezes estudo um tema da matéria por uma doutrina, outro por outra). Ou você lê a lei seca e não entende nada ou você sai grifando tudo com 30 cores diferentes e quando volta pra ler não consegue nem enxergar a redação do artigo (prazer, eu até ano passado).

Um exemplo: tinha uma colega no colégio que assistia às aulas, anotava pouquíssimas coisas (quando anotava) e sempre foi uma das melhores alunas e outra que tinha o fichário mais lindo e organizado que já vi e também era uma das melhores da turma. Que funciona pra uma, não funcionava para a outra.

Você precisa encontrar o SEU método e não COPIAR RIGOROSAMENTE o método do outro, adapte o método, descobri como funciona melhor para você.

Mais um exemplo: eu fazia as revisões segundo o método do Alexandre Meirelles, no início dava super certo, mas no fim eu perdia mais tempo organizando as revisões do que revisando de fato. O que eu fiz? Mudei.

Não ache que só porque fulano estuda de um jeito e você de outro que VOCÊ está estudando errado, você só estará estudando errado se não evoluir nas questões. Você precisa testar seu conhecimento constantemente. Resolva questões anteriores – sem sabotagem, OK? Sem olhar o comentário dos alunos no QConcursos antes de responder ou correr o até o comentário no Revisaço, primeiro resolva, depois confira porque você errou. 

E, quando puder, faça provas de concursos, inscreva-se e faça a prova. Não importa se não é o cargo dos seus sonhos, FAÇA PROVAS! 

J-A-M-A-I-S um simulado no conforto da sua casinha será igual a ir até o local de prova, com a sala cheia de gente, um infeliz nervoso do seu lado balançado a perna (na prova do TRT PR tinha um ser do meu lado que não parava de tossir), dois fiscais olhando para você, uma garrafinha com água e duas canetas de tinta preta de material transparente fazendo companhia. 

Eu sou MUITO ansiosa, mas MUITO MESMO, e sempre, SEMPRE fico nervosa, não importa qual prova seja. A única prova que fiz sem desespero, sem nervosismo e sem ansiedade porque “não era o que eu queria” foi a prova da OAB e adivinha???? PASSEI! Mas, em concursos, sempre fico nervosa. Então, faça provas, faça um teste de verdade e aproveite para “medir” seu conhecimento, saber se o seu estudo está rendendo, se, talvez, seu problema está na ansiedade na hora da prova, se é falta de atenção ao ler as questões. Sabe pq vou sair daqui de SC e ir até SP fazer o TRE mesmo tendo certeza que não estarei pronta? Para testar, medir meu conhecimento nas disciplinas e saber como é fazer um concurso fora de casa (até hoje só fiz concursos em SC e no PR, que pra mim é logo ali).


Resumindo - sou tão boa em redação que acho que fugi do tema hahahaha - teste o seu conhecimento, resolva questões e descobra se o seu método de estudo está funcionando. Eu tento resolver questões todos os dias e fazer um simulado de vez em quando, mas faça como você achar melhor - questões aos sábados, um simulado no fim do mês -, mas faça questões, meça seu conhecimento e descobri o que está errado. E PARE de achar que fulano estuda melhor do que você porque o método dele é melhor, NÃO, ele apenas encontrou um jeito de estudar que PARA ELE deu certo ;)